HSBC: Guardião do UOL  vai depor na CPI, hoje e envolve artistas Globais

Fernando Oculto Rodrigues pode explicar por que protegeu os Frias


BRASIL
- Como se sabe, o repórter investigativo Fernado Oculto Rodrigues sentou em cima da lista do HSBC até o Globo (o Globo !) divulgar que os patrões, os Frias,  se abrigavam  no HSBC da Suíça.

Agora, vai ter que explicar a logica do acobertamento:

CPI DO HSBC CONVIDA JORNALISTAS PARA DEPOR


Os depoimentos foram marcados para começar nesta quinta-feira (26), na CPI no Senado

Os senadores que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do HSBC-SwissLeaks aprovaram, nesta quarta-feira (25), a convocação dos três primeiros depoentes que poderão auxiliar nas investigações das suspeitas de evasão de divisas e sonegação fiscal.


A sessão está marcada para quinta-feira (26) e pretende ouvir dois jornalistas que fazem parte do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. O primeiro convidado é o jornalista Fernando Rodrigues, do portal “UOL”, que tem em mãos cópias dos documentos sigilosos vazados por Hervé Falciani, ex-funcionário do banco na Suíça. Também será convidado o repórter Chico Otávio, do jornal “O Globo”, que tem acesso ao material.

O ex-secretário da Receita Federal, Everaldo Maciel, deverá comparecer para explicar se é possível repatriar ao Brasil o dinheiro que for comprovado de origem ilícita.
Mais de 8.680 correntistas brasileiros fizeram depósitos nas contas do banco na Suíça, entre os anos de 2006 e 2007.

A Receita Federal já tem acesso a alguns nomes de brasileiros envolvidos e apura o caso conhecido com “SwissLeaks”. Personalidades políticas, músicos e artistas estão entre os correntistas.

Além da Receita, o Banco Central e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) também investigam o caso.

PATROCINADOR