PROJETO SOCIAL EM QUEIMADOS ERRADICA A DESNUTRIÇÃO INFANTIL

Várias crianças já foram beneficiadas através do projeto

Mães que são atendidas pelo projeto
            No Bairro São Sebastião, no município de Queimados na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, um projeto vem transformando a vida de muitas crianças. Implantado na comunidade há 14 anos, o projeto tem como objetivo principal a erradicação da desnutrição infantil que, não se espante, ainda é um número alarmante nesta região, várias meninas que nem completaram 16 anos de vida já são mães, muitas até de 2 filhos, largam a escola e os sonhos para se dedicarem aos seus filhos.
          O que muito nos chamou à atenção é o fato do projeto atender um número enorme de assistidos, tanto de crianças como de pais e não ter recursos de nenhum tipo de governo, conta apenas com a solidariedade de amigos do sr. Adilson Pereira, de sua equipe e alguns moradores. O Bairro não possui saneamento básico, fica próximo de um rio que em épocas de temporais, causa transtornos a comunidade.
Sr. Adilson Pereira, no centro, e toda sua equipe de apoio
       Inicialmente começou com apenas 12 (doze) crianças que estavam em situação de desnutrição já avançada. Hoje são 51 (cinqüenta e uma) crianças cadastradas com idade entre 0 e 6 anos. O projeto é liderado pelo Srº Adilson pereira junto com a  sua equipe  que  fazem tudo com muita dedicação e carinho. É um projeto que faz parte da Pastoral da Criança e Adolescência.nas dependências da Igreja Comunidade Católica São Sebastião.

        Os  repórteres Iago Lomeu  e  Luciana Felipe  estiveram presentes no local em uma programação voltada para as crianças da comunidade e entrevistaram o senhor Adilson Pereira. Confira abaixo a reportagem e mais detalhes.sobre o projeto.
Entrevista com o sr. Adilson Pereira, diretor do projeto na Comunidade
Iago Lomeu: Sr Adilson, o que o motivou a levar este projeto no Bairro São Sebastião?

Sr Adilson:
A Comunidade é muito carente, há vários casos de desnutrição e o índice de mortalidade infantil também é alta. Isto me chamou muita atenção, por isso a iniciativa do projeto. Doamos as famílias o Multi Vida, um complemento alimentar industrializado, e o leite forte, um tipo de leite caseiro que tem em sua composição farinha de trigo , fubá, farelo de trigo e leite em pó. Fazemos e distribuímos as famílias. Com isso diminuímos a desnutrição.

Iago Lomeu:
 Qual a  importância da participação dos moradores no projeto?

Sr Adilson:
Tê-los participando ajuda-nos muito pois aproveitamos para dar orientações sobre como cuidar dos filhos, como evitar acidentes domésticos, controle de natalidade entre outras. O índice de mães pré-adolescentes é muito grande na comunidade como vocês já viram, muitas já estão no segundo filho. Doenças sexualmente transmissíveis também tem um número alarmante. Por isso a importância das orientações.
.
Iago Lomeu: Qual o maior incentivo que o projeto recebe para seguir em frente?
Sr Adilson:  Amor, muito amor, disposição também é um fator decisivo. Quando cheguei na comunidade, juntamente com minha equipe, pisávamos na lama e ficamos muitas vezes expostos ao sol e a chuva. Hoje pisamos no cimento – risos – e estamos cobertos por telhas. Não tivemos apoio de ninguém, contamos apenas com a ajuda de Deus e de alguns amigos parceiros. Quero aproveitar e agradecer  aos Funcionários do Arsenal da Marinha Mônica Pardela, Eni, Tenente Alvaro, Tenente Tetis e tantos outros que nos ajudam sempre doando brinquedos para nossas crianças. Agradeço a Deus e a todos que de alguma forma sempre contribuem para que este projeto não pare.

Iago Lomeu: Como a população poderia ajudar?

Sr Adilson:  Aquela pessoa que quiser nos ajudar será muito bem vinda, é só entrar em contato conosco através do nosso telefone: (21) 9-9533-3004 que iremos orientar como se proceder, lembrando que precisamos de várias doações de brinquedos, roupas, cesta básica, calçados para a festa de final de ano que todos os anos realizamos junto com as famílias cadastradas e a comunidade.

Sr. Adilson Pereira mostrando as doações que receberam 
Na data um representante da diretoria do Jornal Folha Kariocas que esteve no local firmou acordo de apoio e parceria com o projeto para o ano de 2015 que passará a ser mais um parceiro desta grande iniciativa social.

Nelson Ferreira Neto: Não podíamos ficar de fora desta grande iniciativa, hoje já temos parceria com mais dois projetos sociais para o ano de 2015, levaremos a ideia para os demais da diretoria para aprimorar a ideia e poder manter o apoio e recursos para esta futura iniciativa.

Reportagem: Iago Lomeu
Foto: Alexandre Rodolfo 
Texto: Luciana Felipe

PATROCINADOR