QUEIMADENSE PLANTA 200 MUDAS VOLUNTARIAMENTE

Iniciativa de aposentado teve apoio da Secretaria Municipal do Ambiente

Secretário Alex Dornellas e Sr. Luis Piccoli
Todos os dias o militar aposentado Luis Piccoli, acorda no seu bairro, Vila Camorim, e vai regar as 200 mudas que ele mesmo plantou. São 140 mudas formando um semicírculo no meio da Área de Preservação Ambiental (APA) Luiz Gonzaga de Macedo e 60 pequenas plantas ornamentais no entorno da APA, em frente a sua casa. Todo esse processo acontece todos os dias voluntariamente, com muito carinho e cuidado. Luís começou timidamente há cinco anos, quando foi morar no local, mas foi há cerca de um ano que ele, através de incentivos da Secretaria de Municipal do Ambiente (SEMAM), começou a levar mais a sério o trabalho e chamou atenção da prefeitura e de jovens que fotografaram e postaram sua atitude nas redes sociais, considerando-o como exemplo.

Sr. Luis Piccoli
Segundo o aposentado, uma ação educativa da SEMAM, que ele presenciou no Parque Municipal Nacional do Morro da Baleia, o incentivou e impulsionou seu trabalho voluntário. “Eu sou assim, gosto de plantar e faço isso por onde eu passo, é o meu maior hobby. Eu ganhei muitas mudas nesta ação, então eu vi a coisa maior e percebi que poderia fazer mais, comprei uma roçadeira, o que agilizou bastante. Depois procurei a secretaria e fui muito bem recebido, ganhei mais mudas, fiação para ligar a bomba e 100 metros de borracha. Ainda me foi oferecida outra caixa d’água e uma bomba sapo”, expõe. Piccoli afirmou ainda que hoje a presença mais efetiva do Governo Municipal fez a região ficar mais fresca e com menos incêndio, além da presença da guarda municipal ter diminuído a caça proibida a pássaros, que ele mesmo denunciou.

De acordo com o secretário da pasta, Alex Dornelas, a secretaria tem a intenção de aproximar a população e transformá-los em parceiros no cuidado com o ambiente. “É uma iniciativa que traz muitos benefícios para a cidade. Mostrar que eles são multiplicadores de praticas positivas com o meio ambiente. O senhor Luiz Piccoli, além de um cidadão consciente da sua responsabilidade com o Meio Ambiente é um grande admirador da natureza, sendo incansável no objetivo de reflorestar o Horto Municipal Luiz Gonzaga de Macedo. Uma valorosa contribuição para nosso eco sistema. O município precisa de pessoas com essa consciência e incentivamos essas iniciativas”, explica o secretário.

Ambiente Itinerante leva informação aos bairros
 logotipo do projeto Tempo de Plantar
Nessa ótica de aproximar as comunidades das práticas ligadas à preservação ambiental o projeto Ambiente Itinerante, vinculado ao programa municipal “Tempo de Plantar” – com foco em iniciativas educativas em todo o município –, foi lançado, em junho deste ano, na Praça Nossa Senhora da Conceição e já teve três ações na cidade: no Circo Baixada, que fica no bairro Fanchen, em agosto, no Condomínio Parque Valdariosa, e em setembro no bairro Jardim da Fonte. A idéia é que, em cada mês, um bairro receba o projeto para aprender, na prática, a fazer hortas suspensas, jardins de pneu, descarte de óleo e brinquedos com material reciclável, além de receberem sementes e cartilhas sobre o meio ambiente. Os bairros a receberem o Ambiente Itinerante são determinados por meio de um estudo dos lugares mais vulneráveis na questão ambiental. 

Fotos: Luiz Ambrósio

PATROCINADOR