QUEIMADOS REALIZADA GRANDES OBRAS EM RIOS

As chuvas de dezembro de 2013, ainda não saíram da lembrança de milhares de moradores de Queimados, na Baixada Fluminense. A maior chuva dos últimos 50 anos deixou marcas profundas na localidade e, há tempos, a Prefeitura vem trabalhando para evitar novas tragédias. E o governo não tem medido esforços. Com a aproximação do período das chuvas, os cuidados são redobrados. E após a canalização e urbanização de parte do Rio Abel, uma obra mais ousada está sendo realizada no Rio Camorim, no Bairro Fanchem.  


Em 2012, Foram mais de 36 milhões de reais investidos em um projeto ousado que mudou a vida de muitas famílias em Queimados. A canalização e urbanização de mais de dois quilômetros do Rio Abel contaram com a construção, até o momento, de cinco novas pontes para melhorar a acessibilidade dos queimadenses. A conclusão da obra beneficiou moradores do Centro até o bairro São Roque. 


Nas trágicas chuvas de dezembro, as obras do centro já haviam sido concluídas e o engenheiro civil Saulo Rahal afirmou que os estragos poderiam ser maiores:  “A partir do momento que fizemos as contenções laterais e redimensionamos o canal, permitimos o escoamento de uma vazão maior de água, possibilitando a redução de novas enchentes a montante do canal. Paralelamente a isso, colocamos muros de gabiões dentro do canal com cinco metros de altura e uma largura de 11 metros, possibilitando o escoamento da água da região central da cidade. O Canal tinha em média antes da realização da obra, quatro metros de largura. Aumentamos em 7 metros. Se não tivesse essa obra, a região central da cidade ficaria embaixo d’ água", disse na época.


“Não quero passar momentos como aqueles novamente”

Um dos que mais sofreram com as tragédias causadas pelas chuvas foi o Prefeito de Queimados Max Lemos. Segundo o gestor, o governo municipal não está medindo esforços para evitar outros momentos ruins: “Estamos trabalhando todos os dias para não passarmos por outras situações como aquelas. Sabemos que os fenômenos da natureza são imprevisíveis, mas temos que fazer a nossa parte. Não quero passar por situações de horror novamente”, disse o prefeito.

Para evitar o pior, a canalização e urbanização do Rio Camorim, no Fanchem, estão a todo vapor. O projeto de revitalização inserido no Programa do Governo do Estado, “Somando Forças”, está orçado em quase R$ 70 milhões, e o investimento inclui a revitalização e arborização das margens, com construção de áreas de lazer: duas praças, pista de skate, quadra poliesportiva, ciclovia no entorno, três passarelas, pontes de acesso, paisagismo e estação de tratamento de esgoto.

Serão canalizados 1,8 quilômetros de rio. Ao todo, serão construídas cinco pontes com o objetivo de facilitar o trânsito de pedestres e de veículos entre os bairros Fanchem, Paraíso e Centro. A canalização consiste na limpeza dos trechos de erosão, colocação de muros de gabião e na concretagem da encosta do rio e a construção de uma ciclovia no entorno.  O objetivo maior da canalização é evitar enchentes e transbordamentos. A previsão de conclusão é março de 2015.

Blogueira: Juliana Andrade - Face: Juju Tavares
Foto: Luiz Ambrósio 

PATROCINADOR