CARTILHA ECOLÓGICA VAI ESTIMULAR EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUEIMADOS
Prefeitura realizou nesta terça-feira lançamento de cartilhas ambientais e entregou certificados às empresas colaboradoras

                           

A Prefeitura de Queimados, através da Secretaria Municipal do Ambiente, lançou na manhã desta terça-feira, 18, no auditório da Universidade Estácio de Sá, a cartilha ecológica voltada para a educação ambiental, que será levada para estudantes das 28 escolas da rede municipal, com a distribuição de 22 mil exemplares. O material desenvolvido em parceria com o Controle Ambiental Nacional (CAM) foi confeccionado em papel reciclado e é composto por fotos e textos que ilustram as ações de preservação desenvolvidas pela Secretaria Municipal do Ambiente e também com dicas de sustentabilidade e um glossário ecológico. O encontro ainda contou com a entrega dos certificados às empresas colaboradas do Meio Ambiente, que ajudaram na produção da cartilha.

Empenhada na luta pela preservação da natureza, a Secretaria do Ambiente vem desenvolvendo vários projetos na cidade como: Coleta de Óleo de Cozinha Saturado; criação de Unidades de Conservação, como o Parque Municipal Natural do Morro da Baleia, as ações da Guarda Ambiental, o licenciamento ambiental, a limpeza e manutenção das praças, trevos e jardins, entre outros serviços. Estiveram presentes no lançamento da cartilha, a Chefe de Gabinete, Gilda Baltar, que representou o Prefeito Max Lemos, o Secretário do Ambiente, Alex Dornellas, o Secretário de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos, José Ribamar Dadinho, o vereador Martchello Fuli, o proprietário do Controle Ambiental Nacional, Nilson Diegues, O consultor ambiental, Stanislau Romero e a Presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Simone Holanda.

De acordo com a Chefe de Gabinete, Gilda Baltar, uma das prioridades do Prefeito Max Lemos, é crescer com sustentabilidade. “O Prefeito Max Lemos vem desenvolvendo nossa cidade economicamente sem esquecer se preocupar com o meio ambiente. O trabalho de educação ambiental tem sido realizado de forma brilhante pela equipe da Secretaria do Ambiente. O estudante é o maior agente multiplicador e por isso a educação é nossa aliada fundamental neste projeto”, destacou Gilda.

Para o secretário municipal do Ambiente, Alex Dornellas, a importância da preservação ambiental deve ser sempre discutida dentro e fora das escolas. “Distribuir cartilhas sobre o meio ambiente nas escolas é uma forma de educar e alertar os alunos de forma ampla sobre essa temática. Também vamos desenvolver a partir de abril, o projeto Ambiente itinerante, em que vamos levar nossas ações para diversos bairros do município”, disse Dornellas, que aproveitou o encontro para anunciar que sua Secretaria está em fase final de liberação da licença ambiental da canalização do Rio Camorim, no Bairro Fanchem e da empresa MRS Logística, que vai construir no município o primeiro pólo intermodal ferroviário do Estado do Rio de Janeiro.
Parceria com a iniciativa privada

A confecção das cartilhas ecológicas foi desenvolvida em parceria com 21 empresas instaladas no município. Uma delas é a Petra Agregados, localizada no Bairro Jardim Excelsior, às margens da Rodovia Presidente Dutra, que colaborou com a doção de 6 mil exemplares. O representante da empresa, José Antônio, que recebeu o certificado de colaborador do meio ambiente, ressalta a importância da ação. “Uma das prioridades de nossa empresa é a causa ambiental. Além de colaborar com o município, vamos também fazer um trabalho com nossos funcionários para a preservação ambiental começar dentro de casa”, contou José Antônio.

Sociedade civil também presente

Quem também marcou presença no encontro de lançamento da cartilha ecológica, que no encerramento foi marcado pela homenagem à Guarda Ambiental da cidade, foram os representantes da sociedade civil organizada. Representando a Terceira Idade, a moradora do Bairro Paraíso, Francisca Lopes, 75, comemora a iniciativa. “Precisamos criar alternativas para estimular cada vez mais a educação ambiental e a participação da sociedade civil é fundamental, pois cada pessoa deve fazer o seu dever de casa”, concluiu dona Francisca.


Fonte: Prefeitura de Queimados
Fotos: ...
Blogueira: Juliana Andrade - Face: Juju Tavares

PATROCINADOR